null Guia «O trabalho com jovens em foco»

Guia «O trabalho com jovens em foco»

Guia de apoio à recomendação sobre «Trabalho com Jovens» do Conselho da Europa em português

01/07/2021

O Centro de Juventude de Lisboa (CJL), do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., apresenta a versão portuguesa da publicação O trabalho com jovens em foco, o guia para a Recomendação CM/Rec(2017)4 - Trabalho com Jovens do Conselho da Europa.

Para ajudar os seus Estados-Membros a fazer do trabalho com jovens uma realidade, o Comité de Ministros do Conselho da Europa adotou em 2017 a Recomendação CM/Rec(2017)4 sobre o trabalho com jovens, que é o primeiro documento de política resultante de um acordo internacional explicitamente focado no trabalho com jovens, no seu valor para a sociedade e no seu futuro desenvolvimento qualitativo na Europa.

Esta publicação é um acompanhamento a essa recomendação e visa aproximar mais o seu conteúdo dos seus potenciais utilizadores: decisores políticos, técnicos de juventude, gestores de atividades de trabalho com jovens, líderes de juventude, formadores de técnicos de juventude, organizações de juventude, entre outras, e fornecer informação e orientação
passo-a-passo para a implementação desta recomendação.

Oferece igualmente conselhos e exemplos de ações a empreender e políticas
a desenvolver de modo a que o trabalho com jovens possa ser posto sob o foco das políticas de juventude e possa fazer a diferença nas vidas das pessoas jovens.

O guia está disponível para consulta gratuita no Centro de Documentação de Juventude, na Loja Ponto JA do CJL ou em formato digital aqui.

Contactos

Telefone

+351 21 892 0800

E-mail

cjlisboa@ipdj.pt

Redes Sociais

Atualizado em: 28/07/2021

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica .